Amamentar é - aleitamento materno | por Chris Nicklas

ver menu buscar

Chris Nicklas /Colunistas

Por que incentivar o Aleitamento Materno?

Amamentar é... Um direito de toda mulher!

  • 24/09/2013
  • Chris Nicklas

“-Por que então?! Pra que incentivamos as mães a amamentar se as leis trabalhistas não estão do nosso lado?!” – Me perguntou outro dia uma mãe revoltada com o fato de que teria que pedir demissão de seu trabalho para ficar com seu neném cumprindo o período de Aleitamento Materno Exclusivo (AME) do qual ele depende em função de um quadro renal complicado de nascença. Sua empresa não aceitou prorrogar sua licença nem com a apresentação de um atestado médico!

Fiquei com essa pergunta na cabeça. Sei da realidade da esmagadora maioria das mães brasileiras. Não é fácil, eu diria, é praticamente impossível.

Então por que passar horas sentada na frente de um computador lutando por algo que não nos é oferecido como possibilidade?

Torço para que o Amamentar é… seja uma onda. Que ele, junto com outros sites e blogs distribuídos pela web, mobilize as mães. Que elas se deem conta do quanto são reféns de uma situação que é inadmissível.

Quatro meses de licença maternidade é ridículo! É isso que o Ministério do Trabalho nos oferece. Quando a mãe tem férias acumuladas ainda pode tirar mais um mês, e ainda assim não consegue completar  o período de AME que o Ministério da Saúde preconiza. As funcionárias públicas têm direito a seis meses. Mas pera lá!? Seis meses deveria ser quando o desmame, ou seja a introdução dos alimentos, deveria começar! E ela deve ser gradativa… Para o bem e adaptação do neném, afinal essa é uma transição e tanto em sua vida e muitas vezes não acontece de forma tranquila. Donde se conclui que seis meses é pouco também!

Que país é esse que não protege seus ( nossos ) filhos?!

Que país é esse no qual os Ministérios ( Saúde e Trabalho ) não se comunicam? Um da uma orientação e o outro a inviabiliza?!

Que país é esse que não obriga que as empresas criem em suas instalações um espaço para lactentes possibilitando que suas mães façam pausas e amamentem durante o turno de trabalho.

Que país é esse que não se da conta que encurtar o aleitamento materno implica em mais crianças nas filas dos postos de saúde?!

E finalmente, que país é esse em que as mães não se dão conta do absurdo dessa situação e agem como se essa fosse uma realidade imutável, não se unindo nem saindo às ruas em protesto, exigindo que as leis mudem?!

Taí o porque de eu estar aqui! Falando com vocês da importância do Aleitamento Materno.

Por que amamentar é… uma luta diária!

CHRIS NICKLAS

Mãe de gêmeos, formanda em psicologia, fundadora e gestora do Amamentar é…