Amamentar é - aleitamento materno | por Chris Nicklas

ver menu buscar

Chris Nicklas /Colunistas

Filtro de besteiras!

Na hora de aprender a amamentar cuidado com o que você ouve! Aqui algumas informações que se você receber deve deletar!

  • 24/10/2013
  • Chris Nicklas

ComooseubebdizTeamomame

Com a ajuda de minha parceira, a psicóloga e consultora em aleitamento materno, Bianca Balassiano, fiz um compilação das mais frequentes besteiras que as mães correm o risco de ouvir da boca dos pseudo profissionais do aleitamento materno. Aí vai a lista:

1-Vamos ver se você tem leite!

Hello!!!! O que mais eu teria nas mamas?! Gasolina?! A pergunta correta é: -Vamos ver se a pega do neném está correta, pois isso sim pode afetar a produção de leite!

2-Coloque os dedos em forma de tesoura na mama na hora de amamentar

Já sabemos que essa técnica pode atrapalhar o neném a fazer a pega correta pois às vezes sem perceber a mãe afasta a aréola da boca do neném. Por isso o indicado é fazer da mão uma pinça. ( quatro dedos abaixo da mama, dando suporte, e o polegar em cima )

3-Não coloque o neném deitado para mamar no peito pois pode causar otite!

Está comprovado que mamar deitado no peito não causa otite. O que causa é mamar a mamadeira deitado! Tudo em função do movimento da boca que é completamente diferente em um caso e em outro!

4-Não agasalhe o neném para ele não dormir durante a mamada

O neném, principalmente o recém nascido, dorme sim entre as mamadas. Imagine que você acabou de nascer, que já é em si um fato dramático, e ainda tem que passar frio pra não adormecer, oi?! Cuide com carinho de seu filho e deixe ele mamar no ritmo dele. Às vezes ele pode se cansar, afinal o esforço físico ao mamar é gigante para ele, e precisa descansar um pouco para depois recomeçar a mamada.

5-Se ele dormir acorde-o

Acho que a resposta anterior cobre essa também, né?

6-Seu neném é preguiçoso! Por isso não mama!

Não, ninguém nasce preguiçoso! Como eu disse, cada um tem seu ritmo! E esse ritmo vai também se modificando com o tempo, conforme o neném cresce. Observe, respeite e, principalmente nos primeiros meses, se faça disponível. É tudo que o seu filho precisa!

7-O leite ainda não desceu, é SÓ o colostro!

Como só o colostro?! Essa é a primeira vacina que seu filho recebe e acredite: é uma verdadeira bomba de potência! É importantíssimo para a saúde do seu filho. Além disso ajuda no funcionamento do intestino do neném que nunca recebeu nada para ser digerido. Ele foi feito pela natureza para fazer o organismo do seu filho começar a funcionar sem problemas! Não menospreze sua importância e diga: – Que bom aí vem o colostro!!!!

8-Seu neném está chorando de fome, melhor dar um complemento…

Dê o peito à vontade, acredite no aleitamento materno, você é um mamífero. Se você estiver insegura procure um profissional, competente e bem indicado, que te ensine a corrigir a pega do neném. Se a pega estiver errada o seu neném corre sim o risco de sair do peito ainda com fome, mas isso não quer dizer que você não é capaz de produzir leite suficiente para ele! Assim que você da um complemento o desmame começa e a sua produção de leite sempre estará em descompasso com o tamanho da fome do bebê.

9-Não deixe o bebê o tempo todo no colo senão vai ficar mimado!

Nenéns precisam do aconchego da mãe. O batimento cardíaco, o cheiro, a voz, a respiração da mãe são referências muito fortes para o bebê desde a barriga. Tudo isso o deixa mais calmo. Faça o que a sua intuição manda.

10-Não dê de mamar toda hora senão não dá tempo pro peito encher!

O peito não precisa estar cheio. Isso não é prova de que você tem leite. A mama não é um reservatório, é uma fábrica. Por isso ela produz o leite na hora que o neném começa a mamar. Inclusive depois dos três primeiros meses, se tudo estiver correndo bem, a mama praticamente vai voltar para o seu tamanho original e isso não quer dizer que o leite secou! Muitas mães se assustam com essa mudança e dão a mamadeira com complemento por se sentirem inseguras. Calma! O leite desce na hora que o neném mamar. E o que comprova que a produção está suficiente é o peso e o desenvolvimento do bebê e não o tamanho da mama, ok?

11-Quinze minutos em cada peito e basta! Se chorar mais é manha.

Esqueçam o relógio! O neném precisa chegar ao final da mamada para ingerir mais gordura. O tempo de cada bebê é diferente. Não tente padronizar seres humanos. Somos únicos.  Se você limitar o tempo de mamada seu filho não vai engordar! Deixe ele mamar à vontade até capotar! Ficar bem molinho e sonolento. Este é o sinal de que está saciado.

12-A mãe não pode comer chocolate, café, repolho ou feijão!

Não está comprovado cientificamente que essas coisas fazem mal ao bebê. Cada mãe vai ter que observar como sua dieta afeta o seu filho. Pode ser que para uma o feijão cause gases na criança e para outra não. O principal é não exagerar. Na coluna da Dra Ana Heloísa Gama ela explica melhor se a dieta da mãe afeta o bem estar da criança.

13-Seu leite é fraco, por isso o bebê não engorda!

Não existe leite fraco! Todas as mães produzem leite com a mesma “fórmula”. Isso já está comprovado cientificamente. Se o bebê está com dificuldades para ganhar peso é por que está fazendo a pega errada e a produção de leite demora mais a subir. Procure uma consultora em Aleitamento Materno e aprenda a ensinar seu filho a abocanhar a aréola toda! Essa é a grande dica!

 

Não fique chocada se você ouvir qualquer uma dessas coisas da boca de um profissional da saúde. É mais comum do que você imagina. A cultura do aleitamento é algo que o Brasil vem tentando recuperar e ainda há muita falta de informação. Mas vamos chegar lá!

 

 

CHRIS NICKLAS

Mãe de gêmeos, formanda em psicologia, fundadora e gestora do Amamentar é…