Amamentar é - aleitamento materno | por Chris Nicklas

ver menu buscar

Recém-nascido /Vídeos

Fonoaudióloga: Porque desmamamos?

A fonoaudióloga Aline Sudo fala sobre quais são os principais motivos que nos levam a oferecer o leite adaptado.

  • 25/02/2015
  • Chris Nicklas

Uma mãe desesperada faz qualquer coisa para acalmar o seu bebê que não para de chorar.

Sim, na lista deste “qualquer coisa” a primeira é dar a mamadeira! Damos mesmo! Eu dei! E depois entendi que era desnecessário! Faz parte! Vivendo e aprendendo.

Mas fato é que, nas nossas sociedade e cultura, há uma grande lista de motivos que nos levam ao desespero e insegurança. Principalmente quando o neném é recém nascido. Aí então… Ficamos paranoicas! Nós e todos ao nosso redor, incluindo marido, parentes, amigos, funcionários da casa…

E por isso amamentar se torna um dos maiores desafios da face da terra, por que a qualquer ué! do bebê alguém sussurra : – Coitado, tá com fome…

Pode até ser que esteja, mas nada que um bom peito não possa dar conta.

Conversei com a Fonoaudióloga Aline Sudo, que trabalha como consultora em Aleitamento Materno fazendo atendimentos em domicílio, sobre quais, na opinião dela, são as principais fontes de angústia de uma família que tem um bebê que mama no peito em casa. Veja abaixo sua resposta:

Aline Sudo
Fonoaudióloga (CRFa 9166)
Consultora de amamentação
Voluntária das ONGs Amigas do Peito e Rede IBFAN*
(* a Rede IBFAN não aceita patrocínio de empresas que produzam e/ou comercializem produtos para lactentes, nutrizes, alimentos infantis, bicos, chupetas, mamadeiras e quaisquer outros produtos que caracterizem conflitos de interesse com a amamentação)

www.amigasdopeito.org.br
www.ibfan.org.br

 

CHRIS NICKLAS

Mãe de gêmeos, formanda em psicologia, fundadora e gestora do Amamentar é…